Blog de acompanhamento ao projecto de 3º ano de NTC, no ano lectivo de 2010/2011.
15
Abr 11

A primeira opção definida no estudo de viabilidade técnica, relativamente às tecnologias a serem usadas para a construção do site, mantém-se.

 

(A conclusão do estudo de viabilidade técnica pode ser revisitada aqui.)

 

Assim, o site vai ser construído com o CMS Drupal, estando a cargo do grupo do projecto possibilitar a integração da ferramenta de desenho vectorial escolhida, SVG-Edit, com o mesmo. Essa integração vai ser explicada mais à frente, com recurso a um fluxograma. O grupo encontra-se, após esta fase de especificação e do sucesso na realização da demo técnica, confiante na sua capacidade de concretizar os objectivos definidos para o projecto com recurso às tecnologias definidas.

 

Todos os documentos criados para a especificação técnica são apresentados, online, em formato PDF e em ecrã inteiro, para facilitar a sua leitura. Também estão disponíveis para download, no fundo do post.

 

Arquitectura do site

A especificação começa com a arquitectura do site. O esquema seguinte representa as relações entre as várias componentes do projecto, com especial atenção à relação entre o CMS e a ferramenta de desenho e, dentro do próprio CMS, aos diversos módulos escolhidos para a implementação dos requisitos funcionais definidos.

 

 

Mapa de navegação

De seguida apresentamos o mapa de navegação do site. Este pesa por alguma complexidade, inerente à complexidade do projecto. Como tal, encontra-se legendado, quer por tipo de funcionalidades como por nível de acesso, fazendo-se aí a distinção entre utilizador não registado, utilizador registado e moderador/administrador.

 

 

Fluxogramas

Tendo em conta que é na integração da ferramenta com o CMS que jaz o desafio central técnico da execução do projecto, os fluxogramas são centrados nas funcionalidades relevantes à gravação, upload e download de documentos vectoriais. Outras funcionalidades serão conseguidas recorrendo a diversos módulos já existentes e serão realizadas pelo Drupal de um modo quase automático e, de certa forma, algo opaco, pelo que não foram criados fluxogramas para as funções relacionadas com pesquisa, back office, pessoal ou interacção.

 

Dos fluxogramas criados o mais complexo é, de longe, o relativo à gravação de documentos vectoriais. Essa questão foi já abordada no post Demo técnica: o que está para vir, onde se incluiu uma explicação inicial do processo. Este fluxograma detalha de forma mais aprofundada o processo de criação de um ficheiro representativo do documento vectorial e a interacção com a base de dados do Drupal e com o CMS em si, aquando da criação de nós. Considera questões como a autenticação de sessão, a identificação das criações e a gravação de versões - essenciais tanto para a definição do histórico de um documento como para a criação de documentos novos a partir de uma base já existente, o chamado forking.

 

 

A funcionalidade de upload de documentos vectoriais no formato SVG é também detalhada e incorpora em si o script de gravação de documentos vectoriais.

 

 

Por último, o fluxograma relativo ao download quer de documentos vectoriais quer das respectivas representações bitmap, em formato PNG.

 

 

Módulos CMS
Para o desenvolvimento do projecto e após uma exaustiva pesquisa, iremos indicar quais os módulos do Drupal a utilizar, assim como as suas funcionalidades e dependências.

A notar que esta parte do post se pode assumir como uma progressão ou refinamento do post Módulos Drupal para Redes Sociais escrito anteriormente, no qual tinham sido definidos alguns módulos que serão repetidos na lista seguinte, embora inseridos numa estrutura mais organizada.

É importante referir que alguns módulos necessitam de outros para funcionar. Os módulos “pai” são: Views, ImageAPI, Content Construction Kit e votingAPI.

Construção do site

  • cck (Content Construction Kit) - permite a criação de “nodes” personalizados assim como a sua implementação;
    • linkimage - permite transformar imagens em links;
  • dhtml menu - implementação de dropdown menus;
  • pathauto - simplificação de urls;
  • tagadelic - gestor de tags
  • ImageAPI - “toolkit” para imagens;
    • Imagecache - processador de imagens;
    • imagefield - extenção de funcionalidades de nós do tipo imagem 
    • thickbox - overlay de “moldura” para imagens;
  • views - criação de queries personalizadas e mostrar os resultados;
  • quicktabs - criação de blocos de contéudo com várias tabs;

Pessoal

  • content profile - extensão das funcionalidades de criação de perfis (depende do módulo Content Construction Kit);
  • logintoboggan - extensão das funcionalidades de login;
  • activity - permite que utilizadores sigam a actividade dos amigos 
  • node_gallery - criação de galerias de imagens

Interacção

  • organic groups - permite criar grupos de utilizadores e respectivas páginas de grupo;
  • simplenews - permite criar e publicar newsletters;
  • privatemsg - permite envio de mensagens privadas entre utilizadores;
  • votingAPI - “toolkit” para sistemas de votos;

 

Links para PDFs:

 


Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22

24
25
26
28
29
30


arquivos
pesquisar blog
 
blogs SAPO