Blog de acompanhamento ao projecto de 3º ano de NTC, no ano lectivo de 2010/2011.
18
Mar 11

Tecnologias Client-Side - CMSs



Para a construção e desenvolvimento do site, podemos utilizar alguns dos conhecimentos previamente adquiridos e construí-lo de raiz, ou utilizar um CMS (Content Management System) que através das suas funcionalidades e extensões, permitem chegar ao mesmo resultado. Cada uma destas opções tem as suas vantagens e desvantagens. Ao optarmos pela construção de raiz, temos um maior controlo sobre o código e teremos mais liberdade durante o desenvolvimento utilizando as nossas soluções. Se escolhermos utilizar um CMS, encontramos o desafio de aprender algo em que nenhum elemento do grupo tem experiência. Nesta opção, deparamo-nos também com grandes comunidades de “developers”, que, com o seu trabalho para estas plataformas, desenvolveram muitas das soluções que queremos utilizar. Desta forma teríamos que desenvolver alguma agilidade na filosofia dos CMS e conseguir integrar da melhor maneira os módulos ou extensões já desenvolvidas. Os CMS que se seguem demonstram ter as características necessárias ao desenvolvimento do nosso projecto.

Wordpress: “Express yourself. Start a blog”






Joomla: “The dynamic portal engine and content management system”




Drupal:” Come for the software, stay for the community”



 


 

 

Elgg: “Providing you with the core components you need to build out socially aware applications”

 


 

Pligg: “The Social Publishing CMS”

 




 


(carregar na imagem para aceder ao documento)


Através desta tabela, pretendemos demostrar as fraquezas e as forças de cada um destes CMs. Concluimos que as melhores opções são o Drupal, Joomla e Wordpress. O Drupal, embora tenha uma curva de aprendizagem que nos pode dificultar a vida, tem uma grande comunidade de “developers” e uma grande variedade de módulos e expansões que facilitam a integração de funcionalidades. O Joomla revela-se uma boa opção pelas mesmas razões que o Drupal e por ainda possuir um plug-in direccionado a construção de redes sociais. O WordPress tem como vantagens a inexistência de publicidade nos templates (banners publicitários por exemplo), a grande variedade de widgets e aplicações, a sua grande comunidade, e a sua ferramenta de construção de redes sociais (“Buddy Press”), representa também uma boa opção de CMS a utilizar.

 


Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
16
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
30


arquivos
pesquisar blog
 
blogs SAPO